Dia das Mães: a época de vender mais na internet

04/05/2022

3min

Dia das Mães

O Dia das Mães é considerado a principal data comercial do calendário devido a alta procura por presentes. O balanço do Dia das Mães de 2021 confirma essa tendência, principalmente no e-commerce.

Segundo a empresa de inteligência Neotrust, no Dia das Mães o varejo digital faturou R$ 6,5 bilhões em 2021, o que representa um aumento de 15% se comparado ao ano anterior, considerando as datas de 24 de abril a 08 de maio.

Para 2022, a expectativa para o Dia das Mães é de um faturamento de R$ 7 bilhões. A projeção da Neotrust ainda ponta um aumento de 11% no número de pedidos, o que pode representar 15,7 milhões de compras no digital.

Beleza e perfumaria aparecem como uma das principais possíveis escolhas ao lado de eletroportáteis. Ambas as categorias vêm apresentando crescimento significativo nos anos anteriores.

A origem do Dia das Mães

O Dia das Mães como o conhecemos hoje, e que é celebrado em diversos países, cada um em uma data específica, surgiu no início do século 20. Em 1905, Anna Jarvis iniciou uma campanha para homenagear a própria mãe que havia morrido. O que levou Anna a lutar durante anos para foi uma prece apresentada pela mãe dela, que clamava para que um dia todas as mães fossem reconhecidas pelo “serviço incomparável que prestam à humanidade em todas as áreas da vida”.

Mas o costume de celebrar o amor materno vem de uma tradição da antiga Grécia. Os gregos celebravam o início da primavera e da deusa Rhea, que para eles era a mãe de todos os deuses, e por isso era cultuada e presentes eram ofertados a ela.

Dia das Mães no Brasil

No Brasil, o Dia das Mães é celebrado no segundo domingo de maio, seguindo a data estipulada por Anna Jarvis em 1905 para homenagear a mãe, que havia falecido em um 09 de maio.

 

Fontes:  BBC Brasil – E-commerce Brasil – Mundo do Marketing

Deixe uma resposta

0 comentários

Ler depois

Compartilhar