Marketplace: tudo o que você precisa entender para vender nessa plataforma

07/04/2022

4min

Marketplace CotaBest

Não é mais novidade que as vendas online cresceram absurdamente nos últimos anos e, principalmente, com a chegada da pandemia. Para se ter uma ideia, o e-commerce brasileiro obteve faturamento recorde em 2021: R$ 161 bilhões. Segundo a Webshoppers, os varejistas que participam de marketplace têm participação de cerca de 78% nesse faturamento total.

Ou seja, é fato que o marketplace se trata de uma ferramenta que veio para ficar e tende a crescer bastante em 2022. Isso porque é uma excelente oportunidade para uma loja construir sua presença no mundo virtual. Mas afinal, o que é isso? Bom, o termo em inglês pode ser traduzido como local de vendas. É basicamente um shopping online, em que vários vendedores anunciam seus produtos.

Para entender melhor, acompanhe a leitura!

Funcionamento e vantagens do marketplace

Uma missão complicada das lojas online é exatamente atrair tráfego de visitantes para os sites. Fornecedores de bebidas, por exemplo, contam com uma vasta concorrência, surtindo uma certa dificuldade. Ao vender em um marketplace, os anúncios dos seus produtos já estarão presentes em uma página que recebe milhões de acessos diariamente.

O marketplace é um sistema vantajoso para as empresas que oferecem o serviço e, também, para os lojistas. A primeira tem mais produtos para vender e ganhar parte da comissão, enquanto os comerciantes aumentam suas possibilidades de venda consideravelmente, por um investimento relativamente baixo.

Deveres dos comerciantes

Em um marketplace, todas as vendas são feitas dentro de uma mesma plataforma, que também realiza toda a parte financeira dos pedidos. O comerciante, conhecido como Seller, fica responsável pela entrega do produto, acompanhamento da entrega e emissão da Nota Fiscal. Aí, temos uma dúvida frequente.

O esquema é simples. Existe uma classificação tributária especial que possibilita a chamada intermediação financeira. Sendo assim, o marketplace emite a nota fiscal para o vendedor com o valor de porcentagem que ele cobrou na venda. Já o vendedor fica na responsabilidade da emissão da nota fiscal da compra para o consumidor.

Gestão financeira

A gestão financeira de um marketplace é um de seus pontos fortes. Grande parte disso se dá pelo procedimento das vendas e repasses em marketplace de receitas. O novo negócio exigiu desses “shoppings virtuais” um formato de gerenciamento particular. A fatura unificada é um exemplo.

O comprador adquire itens de vendedores diversos, mas, ao final da compra, a fatura é uma só. Por isso, o sistema costuma sempre contemplar atacadista de bebidas e alimentos.

Custo de publicidade menor

Já ouviu por aí aquele dito popular “quanto mais oferta, menor o preço”? É mais ou menos assim que funciona. As plataformas acomodam várias marcas, fazendo com o que preço da publicidade seja menor em comparação com ferramentas que trabalham somente com seu produto. Por outro lado, você concorre diretamente com outras lojas, despertando a necessidade de criar atrativos e diferenciais.

CotaBest: destaque no segmento!

A CotaBest é uma plataforma 100% online que reúne fornecedores e clientes qualificados. Nosso sistema oferece uma formalização de pedidos de forma rápida, direta e segura, abrangendo milhares e milhares de itens. Tais como alimentos, bebidas, produtos de limpeza, papelaria, utensílios, equipamentos e muitos mais.

Deixe uma resposta

0 comentários

Ler depois

Compartilhar